Imagem capa - Ao infinito e além! por Teca Avelar Fotografia
decoração

Ao infinito e além!

Antes que você pense que este é um post pago ou qualquer coisa do gênero, vou contar uma história; graças a Deus, a única ~estranha em dois anos de mercado.

Tenho alguns grupos de clientes; isto é: quando tenho várias clientes amigas, que se frequentam e se relacionam. Pois bem.
Num desses grupos, eu havia feito a festa de umas cinco mães e uma sexta mãe pediu meu cartão pra que eu fizesse a festa da filha dela. Dei o cartão.

Meses depois, uma decoradora me procurou dizendo que sua cliente (sem mencionar o nome) havia pedido meu orçamento e que queria me contratar. Passei o orçamento, fechamos, tudo certo. Mas no meio dessa negociação, essa pessoa me perguntou se eu trabalhava com porcentagem, pagamento, recompensa, sei lá que termo usou. Sim, sei que é uma prática comum no meio dos casamentos: uma cerimonialista indica um fotógrafo e ele paga um valor X pra ela pelas indicações. E se está todo mundo de acordo, ok né?

Mas eu nunca tinha ouvido falar nisso. E sim, sou inocente e boba ao ponto de achar que as pessoas se ajudam mutuamente, porque eu ajudo pessoas em quem acredito. Deveria ser simples assim né? É.

Mas o mais chocante dessa história é que chegando na festa, ao reconhecer a cliente (afinal, eu sou fotógrafa do grupo de amigas dela e a via quase todo mês) não consegui acreditar que ela havia pedido apenas pra essa pessoa fazer uma ponte ao me contratar. A cliente já tinha me escolhido, a decoradora não me conhecia, não foi mérito dela a minha contratação e ainda assim ela queria alguma participação. Oi?!Claro, perguntar não ofende, mas confesso que fiquei abismada com a cara de pau.

Dito isso, vamos ao que interessa?

Este não é um post pago e eu não trabalho dessa forma. Se um dia houver algum post pago aqui, vocês saberão. E mais: eu só indico, pagando ou não, serviços que eu uso, que eu experimento, que eu acredito, que eu contrataria pra mim. Que eu morro de amores e ponto final.

----------------------------------------

A primeira vez que eu cheguei na Na Moitta pensei: quero morar aqui. <3
Foi amor à primeira vista, a segunda ida, a terceira festa, pra sempre. E não escondo de ninguém (nem da dona da casa) o quanto amo aquela casa. O quanto amo meu trabalho feito lá. O quanto acerto minha luz, me entendo com os ambientes e consigo entregar pro meu cliente um trabalho final que eu morro de orgulho.
E o quanto as comidinhas são as melhores, e os recreadores pessoas fofas e entregues ao que fazem. E aquela decoração maravilhosa e aqueles ambientes que fazem do espaço um cenário lúdico, moderno e que funciona e encanta, tudo ao mesmo tempo.

Recentemente cheguei lá pra mais uma festa e o tema foi Toy Story. Um dos meus filmes infantis preferidos. Que eu sei as falas, que tenho os bonecos (humildemente os bonecos que todo mundo tem, claro....rs), que eu vejo e revejo sem cansar.
Casa linda, decoração maravilhosa e um plus impagável: a mãe do aniversariante é, nada menos, do que colecionadora dos personagens. Uou!

Sabe o que é olhar pra uma mesa e ter a sensação de que você está dentro do filme?
Ver a Barbir, o Ken, os carrinhos, o unicórnio, o polvo, os soldados, e claro, todos os personagens tradicionais.

Saca só do que eu estou falando Brasew:







E tinham aqueles que você não se lembra e muito menos sabe os nomes:







E tinham os xodós de todo mundo, é claro!





E o bolo foi um detalhe à parte. Coisa de mãe sabe? Que é capaz de colar soldado por soldado pra ter um resultado assim:




E imensos pequenos detalhes que fazem toda a diferença:




  Morri mil vezes quando vi essas caixinhas Sunnyside. <3 <3 <3 


Mas zerei a vida com as caixinhas de pizza do pizza Planet.
Bêjo, me liga.



Uma mãe criativa ao cubo e uma casa de festa que capricha em cada detalhe. Preciso de mais o quê?
Você acha que acabou?
Rá rá rá!








Agora acabou. Buáá.
Nem preciso dizer que queria essa decoração pra sempre né?
E todos esses brinquedos lindos. E um espaço igual ao da Na Moitta. Pronto, eu viveria feliz para sempre. <3