Partos Perinatal, Laranjeiras, Rio de Janeiro

Seja bem vindo Tim!

Rapaz, complicou pro meu lado! Sabe porquê?
Porque o pai do Tim é um baita dum jornalista. Sabe? Daqueles que escrevem e você pensa: "putz, eu devia ter estudado mais!". Ou ainda "é, não escrevo porcaria nenhuma!". hahaha
Mas né, a vida é assim, então vou arriscar umas palavras aqui. Para contar do dia em que eu conheci o Tim. E a Paula, a mãe dele.

Eu conheço o Bruno há muitos anos e apesar do pouco contato, fiquei me achando quando ele me chamou para fotografar o parto do Tim, seu primeiro filho. Passei o orçamento; ele ficou de conversar com a Paula, coisa e tal.
Uns dias depois ela me ligou; tira uma dúvida aqui, conta um causo ali; pronto! Eu já queria ser não só a fotógrafa do parto dela, como amiga dela! Que pessoa!

Passa uma semana, duas, Tim tava lá, felizão dentro da barriga da mamãe e nada de nascer. É, tiveram que agendar a cesárea. Chegou o grande dia!
Primeiro encontro com a Paula e, cara! Que mulher, que mãe, que esposa, que tudo!
Sabe aquela pessoa que em 10 minutos parece sua amiga de infância? É ela!
E preciso ressaltar tudo isso aqui sim! Porque faz toda a diferença criar esse laço com o fotografado. Então, eu não podia me sentir melhor!

Muitos sorrisos, a família toda reunida, e chegou a hora! Fomos pro centro cirúrgico e só aí é que eu vi a Paula nervosa, digo, tensa, naquela expectativa louca que só quem vive sabe. O que era bom ficou ainda melhor e eu pude contar com a Dra Silvia, a obstetra da Paula, gentil, solícita e super colaborativa com o meu trabalho - o que nem sempre acontece.

Resultado; fotos maravilhosas! Mais do que isso; a possibilidade de um registro eterno de forma especial, única e emocionante.

Sai de lá realizada! Porque além de fazer um excelente trabalho ainda ganhei uma amiga!

Tim, tu é muito sortudo Rapá! :P